terça-feira, 26 de junho de 2012

PROGRAMA DE SÁBADO 23/06/2012








Diácono e seminarista jhony.

Pregação no livro de Mateus cap.24: 36-39.
Texto base: Mateus 24: 36-39.
Tema: que sinais você ver?

“36 Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.
  37 E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.
  38 Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até     ao dia em que Noé entrou na arca,
  39 “E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem”.

Introdução: NA vida estamos rodeados por SINAIS que nos cercam por todos os lados, nas ruas, estradas estaduais e federais, sempre teremos sinais que nos mostram: uma obrigação, ex: de velocidade permitida, uma proibição ex: não ultrapassagem, uma advertência ex: acidentes em andamento, uma blitz,  os cones ma ruas, em fim sinais que devemos respeitar par a nossa segurança  nossa e demais pessoas, o não cumprimentos destas observações pode acabar em tragédia: ex  nos estados unidos por volta do ano de 95 alguns jovens em uma atitudes não pensadas levou a mortes de varias pessoas, como? eles tiravam a placa de regulamentação ( PARE ) , de um cruzamento os condutores que não viram o sinal de pare se chocaram com outros caros que passava, descoberto os jovem fora presos acusados de assassinatos, por te causados a morte de pessoas inocentes.

1º Como e importantes os sinais: sinais sempre mostrarão que algo pode e vai acontece, sua função e desperta e alertar a todos.
Em Mateus 1: 23 diz: 
“ Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL,  Que traduzido é: Deus conosco.”
Em Mateus 2: 2 diz:   
Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.”
 Em Mateus  12: 38     
“Então alguns dos escribas e dos fariseus tomaram a palavra, dizendo: Mestre, quiséramos ver da tua parte algum sinal.  E, ajuntando-se a multidão, começou a dizer: Maligna é esta geração; ela pede um sinal; e não lhe será dado outro sinal, senão o sinal do profeta Jonas;
2º como e importantes os sinais: sinal sempre mostrará que algo estar acontecendo, uma advertência ou um alerta.
Em Mateus 3: 16-17  diz: 
E, sendo Jesus batizado, saiu logo da água, e eis que se lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e vindo sobre ele. E eis que uma voz dos céus dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.”
Em Lucas 7: 18 23 diz:
18 E os discípulos de João anunciaram-lhe todas estas coisas.
19 E João, chamando dois dos seus discípulos, enviou-os a Jesus, dizendo: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?
20 E, quando aqueles homens chegaram junto dele, disseram: João o Batista enviou-nos a perguntar-te: És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?
21 E, na mesma hora, curou muitos de enfermidades, e males, e espíritos maus, e deu vista a muitos cegos. 22 Respondendo, então, Jesus, disse-lhes: Ide, e anunciai a João o que tendes visto e ouvido: que os cegos vêem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e aos pobres anuncia-se o evangelho.
23 E bem-aventurado é aquele que em mim se não escandalizar.

Aplicação: o discípulo de JESUS no sermão do monte, perguntava ao seu mestre, “quais os sinais” para que eles ente desse guando fossem a vinda do seu mestre, Jesus respondeu com algumas parábolas, ele os alertou, o que ele disse estar escrito ate hoje, como seus servos nos estamos observando os sinais? Nós estamos entendendo que o mundo aumenta: à violência, a fome, a pestes, as drogas, os abusos sexuais
 (estrupos), a pedofilia, a homo sexualidade, o descaso das autoridades, a maldade nos corações, a inveja, ao ponto de matar por ciúmes, a pornografia, o amor esfriando nos corações, incesto ( pais tendo relações com filhos ( a )orgias sexuais, etc.

Mais você pode dizer isso sempre aconteceu! Desde que o mundo e mundo coisas como essas acontecem, nos tempos de NÓE, “ viu o Senhor que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que era continuamente mau todo designo do seu coração”( gênesis 6: 5 ).

Pode ele destruir novamente o homem por causa dos seus maus caminhos? Sabemos que DEUS julgará todos segundo seus atos, desta vez será uma condenação eterna.

Levar a palavra de DEUS, aos corações perdidos, enquanto temos tempo, pois os sinais a cada dia estão mais e mais evidentes que a sua volta estar perto, JESUS nós ensina observa os sinais. Que precedem a sua volta.


Diácono e seminarista  jhony. 



 
Igrejas gueto – Uma análise do perfil missionário brasileiro (1ª parte)
1O censo de 2010 apresenta um novo perfil religioso brasileiro, que progressivamente vem sendo marcado pelo contexto evangélico. Há 30 ou 40 anos atrás a imagem que se tinha de “crente”, era a pessoa que não faz isto, aquilo, etc. Tal percepção foi o resultado da proliferação dos grupos pentecostais (Assembleia de Deus, principalmente) que a partir da década de 1950 passaram a evangelizar maciçamente a nossa gente (e glória a Deus por ainda fazerem isto). O momento recente, porém, tem sido marcado pela maior e lamentável ascendência dos grupos neopentecostais (igrejas como a Universal do Reino de Deus, Renascer em Cristo, Mundial do Poder de Deus, etc.) que possuem uma teologia distorcida e, por esta razão, difundem uma prática deturpada, e não raro, herética. Se por um lado eles falam da salvação pela fé em Jesus, por outro fazem vergonhosa barganha de bênçãos, quando não escandalizam com a ostentação e mal uso de riquezas1 materiais em um país com milhões de miseráveis.
Notoriamente, as denominações do grupo conhecido como “tradicionais” têm experimentado uma estagnação e diminuição do percentual em relação ao crescimento populacional nacional, como se verifica no caso dos presbiterianos. A história eclesiástica registra amplamente que nossa pátria foi inicialmente evangelizada por evangélicos reformados, e que a costa do Nordeste, por um curto período, teve a forte influência da igreja reformada holandesa durante o tempo do príncipe Maurício de Nassau, influência que foi fortemente perseguida e banida com o retorno do catolicismo do governo português. Lançando um pouco mais de luz sobre o caso do presbiterianismo, em 1959, no centenário da Igreja Presbiteriana do Brasil, Juscelino, então presidente da república, esteve presente ao culto de ação de graças na catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro. Naquela época, os presbiterianos eram o maior grupo denominacional do país. Um pouco mais de 50 anos depois, os presbiterianos do Brasil, em termos numéricos, apresentam uma representatividade nacional acentuadamente diminuída. Talvez com uma menor proporcionalidade, praticamente o mesmo ocorreu com a maioria das denominações históricas, com algumas exceções regionalmente localizadas.
Isto nos leva a perguntar: O que aconteceu com as igrejas históricas (Batistas, Presbiterianas, Metodistas, Congregacionais)? Por que não foram elas as comunidades evangélicas que se expandiram e influenciaram mais amplamente o nosso povo? Não estavam elas estabelecidas no início missionário nacional, e não foram bem estruturadas entre nós? O que aconteceu com a teologia de qualidade que não produziu evangelização de quantidade? Deveríamos interpretar este fato como uma ação soberana de Deus ou como uma inércia de nossas igrejas face às outras que cresceram? Será que a prática missionária de igreja local deixou de refletir a obediência à ordem de pregar o evangelho? Nossa proposta aqui não é a de fazer uma avaliação do crescimento denominacional, mas, com sinceridade, avaliarmos o que aconteceu para não repetimos os erros ao pastorearmos a igreja que em primeiro lugar é do Senhor, e com humildade e santidade podermos planejar ações missionárias. Para tanto, o nosso enfoque será o de buscar orientação na Palavra de Deus, nossa única regra de fé e prática, para conhecermos o papel da igreja e do crente no mundo e não apenas sua atuação dentro da igreja.

 Luz em meio às trevas

Há pouco mais de um mês, Janaina Lima, representante do Paralelo 10 em Recife, PE, participou de uma ação da campanha Bola na Rede em prol da divulgação do Dia Nacional de combate ao abuso sexual de crianças e adolescentes.
O singelo testemunho de Janaina mostra como uma simples participação pode contribuir para uma grande ação, mas mais que isto, contribuir para o nosso senso de significado e importância na busca pela justiça e pelas verdades do Reino de Deus.
Veja o relato dela:
Nos ultimos dias participei, junto com a Rede Mãos que Ajudam e Renas, de uma ação da campanha Bola na Rede. Foi uma mobilização de enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes. As ações realizadas nos dias 16 e 18 de Maio foram: Adesivagem na Avenida Agamenon Magalhães e a passeata com concentração no parque 13 de Maio e caminhada até a pça do Carmo.
Na adesivagem tivemos a participação de algumas pessoas que, de forma teatral e com distribuição de adesivos, protestaram contra o abuso e incentivaram a população a aceitar o desafio de fazer parte desta campanha.
Na passeata houve uma grande participação de organizações cristãs, estavam presentes a Visão Mundial, Jocum, Ong Vale do Senhor, dentre outras. Fiquei surpresa e feliz com todo movimento realizado. Havendo participado de outras mobilizações vi o quanto amadureceu a estratégia da passeata de enfrentamento. Foi importante participar destes momentos pois sinto o peso da responsabilidade nessa mobilização, sinto que preciso ser agente nesse processo em todas as atividades em que estou envolvida. Desejo ardentemente que enquanto Igreja que ora pedindo que o Reino venha, façamos a nossa parte mostrando a luz do Reino através de nossa caminhada.

“Mais que o Ouro”, agência cristã prepara grande trabalho de evangelismo para Olimpíadas de Londres

Entre os meses de julho e agosto desse ano acontecerá na cidade de Londres, na Inglaterra, a 30ª edição dos Jogos Olímpicos. Durante o período dos jogos, milhares de pessoas passarão pela capital inglesa, e a entidade cristã “Mais que o Ouro” pretende usar essa oportunidade para divulgar a mensagem de Jesus Cristo.
Para realizar esse trabalho, a entidade está apostando nas artes, e está levando mais de 700 músicos, artistas e dançarinos para a cidade. Esses artistas farão apresentações em 30 lugares, entre eles a Catedral Southwark, Westminster Abbey Green, Metodista Westminster Central Hall e All Souls Church, em Oxford Circus.
Uma das explicações para o trabalho é que os cerca de 400 atletas de 30 diferentes nações que estarão participando dos Jogos Olímpicos estarão falando em diferentes idiomas, mas que, no entanto, todos compreendem a linguagem universal do teatro e da música.
De acordo com a agência ANS, os artistas, que estarão divididos em 40 equipes, fazem parte do time Criativo de Artes Cênicas da organização cristã. E segundo a porta-voz da organização, Julie Spence, as ações envolvem mais do que grandes performances artísticas. “Todos os envolvidos usam seus talentos para levantar questões sobre a vida e a fé e apontam para Jesus como a chave para todas as respostas”, explicou Spence.
Entre os talentos presentes estará um músico indiano que toca uma guitarra de múltiplas cordas, uma banda de folk rock, uma companhia de dança havaiana e um grupo de balé infantil.
Fonte: Gospel+

Personagens bíblicos

SEM, CÃO E JAFÉ (Gênesis 9.1-10.8). Depois que o dilúvio terminou e a arca foi abandonada, Noé construi um altar e fez oferendas de animais limpos a Deus. Essas oferendas foram uma confissão simbólica do pecado de Noé e da sua fé de que um dia Deus mandaria Cristo para morrer por esse pecado. A verdadeira natureza pecaminosa de Noé é logo reconhecida, como veremos.
Nesse tempo Deus abençoou Noé e seus filhos, Jafé (o mais velho), Sem (o do meio) e Cão (o mais jovem). A eles foi dito o mesmo que a Adão, "Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra".
Foi-lhes dado domínio sobre todos os animais e permissão de matar e comer, mas foi-lhes avisado para não beber do sangue. Deus deu-lhes também a lei da pena de morte.
Depois disso, Noé plantou uma vinha, fez vinho e embebedou-se. Seu pecado trouxe grande tristeza sobre sua descendência, pois Cão pecou contra seu pai, durante a bebedeira. Isso trouxe uma maldição sobre Cão e sua descendência por todas as gerações vindouras.
Quando Cão olhou para a nudez de Noé e riu do seu pai velho, Jafé e Sem pegaram um cobertor e, andando de costas, cobriram-no. Noé então profetizou o julgamento de Deus sobre Cão. Disse que a descendência de Cão seja serva das descendências de Jafé e Sem (Gênesis 9.26-27). Cão teve 4 filhos. O mais velho se chamava Cuxe, que significa preto. Sua semente povoou a Etiópia. O segundo era Mizraim, que significa terra. Sua semente povoou o Egito. O terceiro filho era Pute, que significa um arco. Sua descendência povoou a terra dos fenícios e dos cananeus. Quando Noé disse que Canaã fosse amaldiçoada, não significava Canaã apenas, mas toda a extensão de Canaã, o filho mais novo de Cão, ou todos os filhos de Cão, até o próprio Canaã. Você pode ver da miséria em que essas nações se encontram hoje que isto é a maldição de Deus e que ainda esta se mantendo. Não podemos removê-la nem estamos autorizados a reforçar a miséria.
NINRODE E A TORRE DE BABEL (Gênesis 10.8-12; 11.1-9). Já se sabe sobre o Cão, sobre quem Deus pronunciou uma maldição. O filho mais velho de Cão era Cuxe. Cuxe teve um filho chamado Ninrode. Ninrode foi uma pessoa poderosa e muitas pessoas o seguiram, tendo-o como líder. Alguém poderia perguntar como podia haver tantas pessoas a seguir aquele que é apenas o neto de Cão. Mas, se você olhar a idade de Sem quando morreu e a idade com que seus filhos tiveram filhos, você pode ver que até Cão chegar a 600 anos e seu neto Ninrode chegar a quatrocentos ou mais, havia, apenas entre as descendentes de Cão, milhares de pessoas vivendo sobre a terra.
Ninrode era um homem como Caim. Escolheu unir-se a Deus e o céu pela obra das suas mãos, então propôs a construção de uma torre. Era para ser um lugar de adoração universal. O povo falaram todos a mesma língua e Ninrode raciocinaram que poderiam unir-se religiosamente e politicamente pela força. O trabalho que começaram (a torre de Babel) é uma das grandes maravilhas do mundo. Era colossal em tamanho, podendo ser comparada às grandes pirâmides do Egito ou do Velho México. Era para ser um lugar de adoração e idolatria. Mais tarde, essa cidade tornou-se Babilônia, que é um símbolo de tudo aquilo que é contra o povo de Deus. Muitos dos emblemas, estátuas e idéias que fazem parte de religiões hoje vieram da civilização idólatra de Ninrode. Até o livro de Apocalipse fala da Babilônia como símbolo da religião Satânica (Apocalipse 17).
O problema com a idéia de todos os homens juntarem seu governo, religião, língua etc. é que Deus não tolerará isso. Idéias de um mundo agrupado são de Satanás e não de Deus. Deus quer que os homens dependam Dele, e não de um a outro. Ele quer que O adoremos em espírito e em verdade, e não a estátuas, cruzes ou prédios. Por isso, Deus veio e confundiu a língua e, assim, não podiam entender uns aos outros. Sua obra parou e espalharam-se por toda a terra para povoá-la, como Deus lhes havia dito inicialmente.
Hoje em dia os homens ainda estão tentando chegar a um governo mundial e estabelecer uma religião mundial. Opor-se a esses esforços é perigoso, porem os cristãos devem resistir isso, sabendo que é de Satanás.
A CHAMADA DE ABRAÃO (Gênesis 11.10-12.20). É óbvio que Deus não planejou abençoar particularmente toda a espécie humana depois do dilúvio, pois amaldiçoou os filhos de Cão, especialmente Canaã (Gênesis 9.25-27). Ele também abençoou Sem (Gênesis 9.26). Podemos ver essa benção tomar forma em Gênesis 11.10, quando a idade e linhagem de Sem são mostradas como o de Sete. Tudo isso para se chegar a um homem depois de dez gerações a partir de Noé. Esse homem é Abraão, primeiramente chamado Abrão.
Abraão nasceu 292 anos depois do dilúvio e 58 anos antes da morte de Noé. Na opinião de alguns historiadores bíblicos, Noé tinha grande influência sobre Abrão. Se isso é verdade ou não, a verdade é que Deus sempre tinha um homem, sujeito a Sua graça, vivendo sobre a terra. A chamada de Abrão veio aproximadamente na época da morte de Noé, e está detalhada em Gênesis 12.1-4. Tinha recebido a chamada e deixou Ur dos Caldeus pouco tempo antes disso (Gênesis 11.31).
Deus disse a Abrão para deixar seus parentes porque não eram objetos dessa benção particular. Então Abrão tomou sua mulher Sarai, seu sobrinho Ló, deixou sua casa e partiu para uma terra estranha chamada Canaã. Essa terra era povoada pelos descendentes de Canaã, filho de Cão. O plano de Deus era destruir esse povo em aproximadamente 430 anos, por causa do pecado deles, e dar a terra aos descendentes de Abraão.
Quando Abraão chegou à Canaã, Deus apareceu a ele e falou-lhe novamente sobre a grande benção que Ele tinha para o dar, através do seu filho. Abraão construiu altares enquanto viajou pela terra e adorava a Deus. Deus disse-lhe que toda a terra sobre a qual viajasse seria dada a seu filho e netos.
Entretanto, Abraão não foi sempre fiel a Deus. Houve escassez em Canaã e Abraão saiu e foi para o Egito. Lá, para sua própria proteção, negou sua mulher. Sara poderia ter sido roubado do Abraão e ter sido feito parte do harém do Faraó, mas Deus interveio e Abraão e Sara foram mandados de volta para onde deviam estar.
Não é grandioso saber que a mão de Deus guarda os seus, ainda quando afastarmos-nos do lugar do propósito divino?

UM ABRAÇO DIZ MUITAS COISAS

Um abraço diz muitas coisas...
Abraços são dados de muitas formas e com diferentes significados.
Têm abraços que dizem: "Fico muito contente com a sua amizade..."
Existem abraços que expressam o orgulho que se sente por alguém especial!...
Também há abraços que dizem: "Não existe ninguém no mundo igual a você..."
Há abraços doces e ternos que são dados em momentos de tristeza...
Com um abraço também podemos dizer: "Sinto muito",
quando alguém está passando por um momento difícil...
Há abraços que damos, para dizer: "Que bom que você veio", e outros que dizem:
"Sentirei sua falta quando você estiver longe de mim..."
E não faltam esses abraços perfeitos para fazer as pazes... E os abraços cheios de carinho, que nascem do coração... Como você vê,
existem abraços para diferentes ocasiões; abraços rápidos e abraços demorados,
um para cada razão... Porém, de todos os abraços, o mais carinhoso é aquele que diz: "Você está sempre no meu pensamento porque eu te quero muito!"
(E sempre será assim!)
Dicas de saúde do programam
Cientistas sugerem que a fruta age na prevenção de danos dos radicais livres

O estresse do dia a dia pode ser combatido com um aliado natural: o melão. É o que sugere um estudo recente feito por cientistas franceses, publicado no Nutrition Journal. Os cientistas se basearam em estudos que apontaram relação entre o estresse e a oxidação celular. Segundo os pesquisadores, o melão é rico na substância SOD (superoxide dismutase), principal enzima de defesa antioxidante presente no organismo.
Durante o estudo, foram acompanhados setenta voluntários, com idades entre 30 e 55 anos, e que possuíam estresse diário e fadiga. Metade dos participantes tomou um suplemento dietético com base no suco concentrado de melão, enquanto a outra metade um placebo, uma vez ao dia, durante 4 semanas.
Os cientistas identificaram que o consumo do suco de melão, quando comparado ao efeito placebo, diminuiu sinais de estresse e fadiga apresentado pelo desempenho físico dos indivíduos (dores no corpo, por exemplo), além de problemas para se concentrar e de comportamentos (irritabilidade e atitudes agressivas). Segundo o estudo, esse efeito pode ser decorrente das propriedades antioxidantes que o melão possui, que previnem danos provocados por radicais livres em células e tecidos.

Os Efeitos Benéficos do Óleo Coco


O coco é um alimento nutritivo excepcional, o óleo coco que oferece muitas vantagens, como ajudar na luta e prevenção de doenças, incluindo ajudá-lo a perder peso sem falar nos efeitos benéficos do óleo de coco que são inúmeras.

A carne de coco é um alimento com um teor elevado de proteínas. O coco possui propriedades preventivas e curativas de doenças, especialmente porque ele é rico em ácido láurico, um agente antiviral comprovado, antibacteriano e antifúngico.

Possuem altos níveis de gordura saturada, ao contrário da crença popular, a gordura é necessária para uma ótima nutrição. Existem três diferentes tipos de gorduras saturadas, e o óleo de coco contêm os tipos mais saudáveis: os ácidos graxos de cadeia média que realmente ajudam a perder peso e aumentar a sua saúde.

Os ácidos graxos de cadeia média (AGCM) abundantes em cocos são facilmente digeridos e são usados
de forma diferente pelo organismo do que outras gorduras. Enquanto outras gorduras são armazenados em células do corpo, o AGCM em óleo de coco são enviadas diretamente para o fígado onde ele é imediatamente convertido em energia. Tanto que quando você consumir o óleo de coco seu corpo vai usa-lo imediatamente para produzir energia em vez de armazená-lo na forma de gordura no corpo.

Com essa absorção rápida e fácil facilita a carga de trabalho do sistema de fígado, pâncreas e aparelho digestivo e “rotações” do seu sistema metabólico. E uma vez que o óleo de coco realmente acelera o metabolismo, seu corpo queima mais calorias por dia, resultando na perda de peso e aumento da energia e vitalidade.

Além disso, numerosos estudos demonstraram o efeito oposto de gorduras insaturadas que contêm ômega-6 excessivo, canola, gergelim, girassol, milho e outros óleos vegetais podem contribuir para baixar a sua taxa metabólica
Fontes: caldeirão das plantas medicinais





Nenhum comentário:

Postar um comentário