segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012



                     Conexões missionária

No Nepal meninas participam de ritual onde se “casam” com o deus Vishnu antes de atingirem a puberdade
Está acontecendo durante esse mês, no Nepal, um tradicional ritual religioso do país que faz o casamento de centenas de meninas, com idades próximas a 9 anos, com o deus Vishnu.
Bhintuna, de 9 anos, era uma das crianças que participariam da cerimônia. Enquanto esperava sua vez, coberta de joias e usando um vestido de noiva em brocado vermelho e dourado, e segurando uma bandeja de oferendas, ela disse: “É divertido. Estou feliz por usar roupas novas e por estar com tantos amigos”.
A segunda cerimônia “casará” as meninas com o sol quando elas tiverem idades entre 11 e 13 anos. Nesse segundo ritual que, segundo a tradição, lhe dá “proteção adicional”, a menina tem que passar 12 noites em um quarto escuro. O terceiro casamento de uma menina dessa comunidade acontece por volta de seus 25 anos e será com seu marido real e humano.
Ninguém sabe ao certo a origem dessa tradição dos casamentos, mas Rajendra Rajopadhyaya, o sacerdote que conduziu a cerimônia, disse datar de vários séculos.
De acordo com a agência Reuters o Nepal tornou-se uma nação oficialmente secular e aboliu sua monarquia hindu em 2008, mas a maioria de seus 26,6 milhões de habitantes permanece profundamente religiosa.
Fonte: Gospel+

Missionários americanos são encontrados mortos no México

Dois missionários americanos foram encontrados mortos no município de Santiago, estado de Nuevo León, no México. Os dois missionários eram da Primeira Igreja Batista Fundamental Independente. Wanda Casias, de 67 anos, e John Frank Casias, de 76, eram de Colorado, mas viviam há 25 anos no México.
Os corpos dos missionários, que foram estrangulados com cordas, foram encontrados pelo filho do casal na tarde de terça-feira, dia 31, em um rancho de Nuevo León.
O crime, de acordo com a Agência Efe de Notícias, está sendo tratado pelas autoridades por enquanto como roubo seguido de morte, pelo fato de que da casa do casal sumiram uma caminhonete, aparelhos eletrônicos e outros objetos de valor.

                  
                 Líder cristão é assassinado em Israel

09 jan 2012Israel
Um líder da minoria cristã de Israel foi morto a facadas por um homem que se vestia de Papai Noel, o que levou a detenção de seis pessoas que teriam envolvimento com o assassinato, segundo informações de membros da igreja e da polícia
Gabriel Cádiz, presidente da Associação da Igreja Ortodoxa Jaffa, teria sido assassinado na sexta-feira, 06 de janeiro, em Jaffa, um bairro predominantemente árabe que está localizado perto do porto de Tel Aviv.
Testemunhas disseram que ele foi atacado por uma pessoa que estava vestida como Papail Noel, enquanto marchava em um desfile que comemorava o nascimento de Jesus, de acordo com o calendário oriental.
A polícia disse que o esfaqueamento ocorreu no final da marcha que foi realizada pela comunidade cristã que reside na região. “As pessoas próximas a cena foram afastadas”, disse Moshe Katz, porta voz do jornal diário The Jerusalem Post.
Cádiz foi levado para o Centro Médico Wolfson, próximo a Holon, onde foi declarado oficialmente como morto após a chegada dos jornalistas. Um cortejo fúnebre foi realizado em Jaffa, no sábado, dia 7 de janeiro, com os membros da Igreja St. George.
Não houve reivindicações e a polícia disse que não há motivos para suspeitar que seja um ataque por motivos religiosos. No entanto, a violência era esperada já que a tensão religiosa está crescendo em Israel.
FonteBos News Life
 
Cinco mortos e outros feridos no ataque a uma igreja na Nigéria
Homens armados atacaram uma igreja no nordeste da Nigéria durante um culto de oração na quinta-feira à noite matando pelo menos cinco pessoas e ferindo outras em um assalto que ocorreu em meio a uma violenta campanha de um segmento radical muçulmano. Pastor Johnson Jauro comentou que os disparos de arma invadiram a Igreja Vida Profunda em Gombe, na capital do estado de Gombe, ferindo muitos dos obreiros e matando sua esposa e dois outros. Ele falou do hospital local, onde um grupo de soldados e policiais faz sua segurança. Outras duas pessoas faleceram no hospital devido às feridas e um repórter da Associated Press viu os seus corpos.
O porta-voz da polícia local Ahmed Muhammad confirmou o ataque, mas recusou-se a dizer quantas pessoas foram mortas e feridas pelos homens armados.

O atentado ocorreu enquanto a Nigéria permanece sob ataque de uma seita conhecida como Boko Haram. O presidente do país petroleiro recentemente declarou estado de emergência de algumas regiões devido às ameaças, mas não incluiu Gombe, que se encontra a 350 milhas (570 Quilômetros)  da capital federal da Nigéria, Abuja.
Ninguém assumiu imediatamente a autoria dos ataques, mas as suspeitas recaíram rapidamente sobre Boko Haram.


Após 10 anos, cristã consegue se libertar de casamento forçado
27 jan 2012Paquistão
Uma jovem cristã paquistanesa que havia sido sequestrada, convertida ao Islâ forçadamente e obrigada a se casar com seu sequestrador muçulmano, escapou de seu cativeiro depois de 10 anos.
Nadia Naira foi sequestrada quando tinha 15 anos de idade. Ela foi levada por um homem muçulmano no dia 11 de fevereiro de 2001, quando estava em sua cidade natal, no distrito de Sheikhupura, província de Punjab.
Ela disse que, depois que foi sequestrada, ela teve seu nome alterado para Ayesha, nome muçulmano, sem que ela tivesse consentimento do que estava acontecendo. Mais tarde ela foi obrigada a se casar com o homem que a sequestrou.
Os pais de Nadia logo após seu sequestro informaram o incidente para a polícia, mas, embora as autoridades tenham registrado as denúncias, eles se recusaram prender o acusado. A família então levou o caso para a Alta Corte de Lahore.
Nadia então foi ameaçada por seu “marido”, que disse que se ela prestasse alguma queixa contra ele, mataria ela e os pais dela. Temendo por sua segurança e por sua família, Nadia disse para o Juiz que não tinha sido sequestrado e que havia abraçado o Islã.
Nadia desde então não tinha contato com sua família e estava casada com um homem que já esposa e dez filhos. Ele se tornou violento com ela e se viciou em drogas. Ela deu à luz a cinco filhos nesse casamento.
No dia 30 de novembro de 2011, Nadia finalmente conseguiu escapar e voltou para a casa de seus pais. Seus maridos junto com outros homens exigiram que ela voltasse a morar com ele, ameaçando sequestrar as outras irmãs de Nadia. A família então conseguiu um abrigo para Nadia e eles abriram um processo criminal contra o marido.
O sequestro, conversões forçadas ao islamismo e casamento forçados são um quadro muito comum no Paquistão. Ore por Nadia e por sua família, para que ela possa ter tranquilidade e paz para continuar sua vida normalmente.
Fonte –portas abertas.


                              Entre secundaristas

 
Como forma de celebrar os seus 40 anos, a ABS organizou um acampamento de verão. O tema do encontro foi “ABS 40 Anos – Salvador 40 graus”. Ele aconteceu entre os dias 25 a 29 de janeiro deste ano na Escola Municipal Metodista Susana Wesley, na capital baiana.


Estiveram presentes cerca de 40 estudantes secundaristas (que número providencial!) de Salvador (BA), Natal (RN), João Pessoa (PB), Aracaju (SE), Feira de Santana (BA), Catu (BA), Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF).
A representante do Paralelo 10, Daniela Adlay, esteve lá e levou algumas revistas Ultimato para distribuir aos estudantes que participaram da Oficina de Missão Integral.
Valeu, Dani!

               Cristãos temerosos após ataques contra comunidade

13 fev 2012Iraque
Cristãos iraquianos que vivem no norte do estão vivendo com muito medo de que a violência que aconteceu em Zakho possa acontecer novamente. Lojistas sentem-se ameaçados e com medo de reabrir suas lojas.
Em 2 de dezembro, sexta-feira, cerca 45 cristãos e algumas lojas foram atacadas dentro do distrito de Dohuk, no Iraque. Foi a primeira vez que cristãos receberam um ataque tão intenso no Curdistão, norte do Iraque.
Um membro da equipe da Portas Abertas no Iraque diz que os problemas na região começaram quando um influente líder muçulmano disse que os cristãos eram impuros. Depois disso, um grande grupo de pessoas que estavam na mesquita foi às ruas para atacar os cristãos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário